Orçamento Pessoal: Como administrá-lo com o Excel?

Se você está buscando melhorar o controle sobre as suas finanças, então você precisa de um orçamento pessoal.

Neste artigo mostraremos o que é um orçamento pessoal e como você pode criá-lo no Excel para começar a trabalhar em direção às suas metas financeiras. Confira!

Afinal, o que é Orçamento Pessoal?

Um orçamento pessoal é basicamente um resumo detalhado das receitas e despesas esperadas por um período definido, geralmente um mês. Embora a palavra orçamento esteja frequentemente associada a gastos restritos, um orçamento deve na realidade significar gastos mais eficientes.

Um orçamento pessoal tem o objetivo de mostrar o quanto de dinheiro você espera receber contra todas as suas despesas, desde as despesas básicas, como pagamentos de casa e aluguel, até gastos mais supérfluos.

Pode-se dizer também que um orçamento pessoal é uma ferramenta para atingir suas metas financeiras. Com ele você pode fazer as seguintes análises:

  • Saldo em conta
  • Receitas a receber (salários, trabalhos freelancer, aluguéis, bônus, comissões, etc).
  • Total de despesas que vencem no período orçado.
  • As despesas que deverão ser feitas conforme as suas necessidades (Alimentação, medicamentos, etc).
  • O valor total disponível para gastos, de modo a garantir que você não entre no vermelho.
  • A proporção dos gastos, ou seja, em quais áreas o seu dinheiro está sendo gasto.

Ter um orçamento pessoal possibilita que você tenha um melhor entendimento e uma melhor gestão sobre as suas finanças (receitas e despesas). Deste modo, você também consegue criar planos e metas para o futuro.

Orçamento Pessoal no Excel: Como criar?

Agora que você já compreendeu o que é um orçamento pessoal e como ele pode ser uma ferramenta importante para as suas finanças, separamos um passo a passo para você criar o seu próprio modelo no Excel. Confira as etapas:

1. Criando um controle de despesas

O primeiro passo para criar um Orçamento Pessoal no Excel é simplesmente listar as suas despesas. No exemplo abaixo criamos uma tabela com 3 colunas: Data de Pagamento, Descrição da Despesa e Valor.

orçamento pessoal no Excel

Nesta tabela iremos listar todas as despesas ao longo do mês, ou seja, todos os gastos do período deverão entrar na lista.

2. Categorize suas despesas

Em seguida, adicione uma coluna extra para categorizar as despesas. Ao categorizar despesas, você poderá posteriormente analisar suas despesas em grupos, facilitando assim a análise dos seus gastos. Neste exemplo, iremos categorizar nossas despesas em cinco categorias. São elas: Contas da casa, Entretenimento, Alimentação, Transporte e Educação. Entretanto, você poderá adicionar a quantidade e os nomes de categorias que desejar.

controle de orçamento pessoal no Excel

3. Registre todas as suas fontes de renda

Em seguida, crie uma segunda tabela para registrar suas fontes de renda. Para este exemplo, criaremos uma tabela com três colunas, sendo: Data de entrada; Descrição da receita, Valor.

Registre todas as suas fontes de renda - orçamento pessoal


4. Totalize sua renda mensal e despesas mensais

Com as suas receitas e despesas registradas, agora você precisa descobrir o total gasto e o total recebido ao longo do mês. Neste caso, utilize a função SOMA para exibir os totais.

  • Total de Despesas =SOMA(C3:C11)
  • Total de Receitas =SOMA(H3:H6)

Totalize sua renda mensal e despesas mensais - orçamento no Excel

5. Saldo mensal e total por categoria

Por fim, temos que descobrir o saldo do nosso orçamento mensal, ou seja, temos que verificar se ficamos no positivo ou negativo. Para isso, basta subtrair o Total de Receitas pelo Total de Despesas.

Saldo=H8-C13

Saldo mensal e total por categoria - orçamento pessoal Excel

Usando uma lista suspensa com os nomes das categorias de despesas e a função SOMASE, podemos criar um filtro para obter o total de despesas por categoria. Veja o exemplo abaixo:

Pronto! Seu orçamento pessoal no Excel está finalizado. Agora basta seguir uma rotina mensal para acompanhar de perto as suas receitas e despesas. Isso será importante para que você tenha a real noção da sua situação financeira e elabore planos e metas para o futuro.

Uma vez que você passa a conhecer os seus hábitos de consumo, torna-se possível planejar melhor o seu dia a dia para otimizar as suas receitas sem comprometer o seu padrão de vida. Basicamente a ideia é eliminar desperdícios e gastos supérfluos que, somados, acabam pesando no orçamento.

Gerenciando o Orçamento Pessoal com a Planilha de Controle de Despesas Pessoais 

Com as etapas citadas acima, agora você será capaz de criar o seu próprio Orçamento Pessoal no Excel. E mais do que simplesmente organizar os dados financeiros em uma planilha, o orçamento pessoal permite que você saia do endividamento e consiga fazer sobrar dinheiro em vez de faltar.

E se você pretende levar esse assunto ainda mais a sério, então recomendamos a nossa Planilha de Controle de Despesas Pessoais.

Com ela você consegue gerenciar seu orçamento pessoal mês a mês, listando suas Receitas e Categorizando suas Despesas.

Além disso você também tem acesso a uma análise gráfica mensal e um panorama anual com Receitas, Despesas e Saldos.

 

E então, se interessou? Clique aqui para adquirir a sua Planilha de Controle de Despesas Pessoais e começa já a gerenciar seu orçamento pessoal!