Função SE com E: como usar as duas juntas?

Se você quer aprender a usar a função SE com E no Excel, então este artigo é para você!

Falamos em um artigo aqui no site sobre como utilizar a função SE no Excel, e se você ainda não leu este post poderá ler clicando aqui.

Hoje, para ampliarmos ainda mais o conhecimento sobre o uso desta função, você irá conhecer a função SE aninhada com a função E.

Vale ressaltar que o termo “aninhada” ainda não foi mencionado aqui no site, porém você irá encontrar muito por aqui quando se tratar de funções aplicadas em conjunto com outras funções.

Sem mais delongas vamos ao que interessa:


Já está interessado(a) no que vem por aí? Então compartilhe com sua rede de amigos para que mais pessoas possam a usar a Função SE com E no Excel:

Facebook

Twitter

Google+

LinkedIn

Função SE com E no Excel: Como usar?

Antes de iniciarmos, vale relembrar o uso das Funções SE e E. Veja abaixo um breve panorama de ambas:

Função SE

A função SE, retorna um valor de acordo com uma condição especificada como VERDADEIRO ou FALSO.
Sua sintaxe é: SE(teste_lógico;valor_se_verdadeiro;valor_se_falso)

Teste lógico: é onde define a logica da função
Valor se verdadeiro: Se a logica estiver correta, o valor verdadeiro é mostrado
Valor se falso: Se a logica não for verdadeira, o valor falso será mostrado.

Utilizando um exemplo prático, iremos avaliar se um aluno está aprovado ou reprovado. Deste modo, para que o aluno seja aprovado, sua média deve ser maior do que 5

Função SE

Note que utilizando a função SE, estamos informando ao Excel que se o valor da média for maior ou igual a 5, deverá mostrar a palavra “Aprovado”. Se esta afirmação não for correta, deverá mostrar a palavra “Reprovado”.
Ao término da função tecle Enter e veja o resultado:

Função SE 01

Função E

A função E, tem o principio semelhante a função SE e serve para determinar se uma ou mais condições são verdadeiras ao mesmo tempo.

Neste caso a função E retornará VERDADEIRO caso todas as condições sejam verdadeiras e FALSO se ao menos uma condição não for verdadeira. No geral, esta função é utilizada para complementar outras funções como, por exemplo, a função SE.

Sintaxe
E(lógico1, [lógico2], …)

No exemplo abaixo, temos o número 9 na célula A1. Deste modo, queremos saber se o número contido na célula A1 está entre 1 e 10.

img1

Sendo assim, se A1 for maior que 1 e menor que 10, ele será verdadeiro. Ou seja, todos os critérios foram atendidos.

img2

Por outro lado se fizemos =E(A1>1;A1>10), então a função retornará falso, ou seja, um critério não foi atendido.

 



Função SE com E

Para compreendermos o uso da função SE com E, vamos utilizar o seguinte exemplo:

A imagem abaixo mostra uma tabela para geração de cupons de descontos em uma determinada loja. Observe que para o cliente ganhar o cupom, este deve realizar pelo menos 3 compras no valor de R$50,00.

Função SE com E 04

Deste modo, é possível aplicar a função SE com E para determinamos cada caso e saber se o cliente terá ou não direito ao cupom.
Para isto, vamos aplicar a função no primeiro cliente e replicar para os demais.

Função SE com E 05

Observe que estamos comparando o valor de cada compra realizada com o valor mínimo para resgatar o cupom. Deste modo, dizermos que cada compra deve ser maior ou igual a 50.
Ao final da função, se houver uma única compra abaixo dos R$50,00 o cliente não poderá resgatar seu cupom e a função informará o valor falso, que no caso será “Não Ganha”. Replicando a função para os demais clientes, podemos perceber que somente a cliente Augusta irá ganhar o cupom por ter todas as compras com valores acima de R$50,00.

Função SE com E 06

Veja também como usar função E com a função OU no Excel.

Gostou da dica? Veja maiores informações sobre Excel em nosso site!