Função REPT no Excel: Como usá-la na prática?

Quer aprender a usar a função REPT no Excel? Então você está no lugar certo!

Se você conhece o mínimo de Excel, já deve ter notado que existe uma grande quantidade de funções nesta ferramenta. No entanto, apenas uma pequena parcela das funções são utilizadas com maior frequência.

A função REPT, por exemplo, tem seu uso um pouco restrito se comparada a funções como SE, PROCV, etc. No entanto, é possível criar diversas soluções no Excel usando a função REPT.

Quer saber como usá-la? Então confira os detalhes a seguir:


Já está interessado(a) no que vem por aí? Então compartilhe com sua rede de amigos para que mais pessoas possam aprender a usar a função REPT no Excel:

Facebook

Twitter

Google+

LinkedIn

Qual a finalidade da Função REPT no Excel?

Pode-se dizer que a função REPT é pouco conhecida, mas muito útil. Basicamente sua finalidade é repetir um texto em um determinado número de vezes, ou seja, você pode utilizar a função REPT para preencher uma célula com um número de repetições de uma cadeia de texto. Vejamos a sintaxe dessa função:

Sintaxe: =REPT(texto, número_vezes)

Onde:

  • texto – o texto a repetir. Você pode especificar isso com aspas duplas ou usar a referência de célula.
  • número_vezes – o número de vezes que o texto deve ser repetido. Você pode especificar o número digitando-o manualmente na fórmula ou usar a referência da célula.

Função REPT no Excel

Detalhes adicionais:

  • Se o segundo argumento (número de vezes a repetir) for 0, a função retornará “” (em branco).
  • Se o segundo argumento (número de vezes a repetir) não for um inteiro, a função irá fazer o arredondamento. Por exemplo, se você usar o número 15.8, ele só considerará 15 e repetirá o texto especificado 15 vezes.
  • O resultado da função REPT não pode ter mais de 32.767 caracteres, senão o Excel retornará o erro #VALOR!.

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando o que pode ser feito no Excel apenas repetindo caracteres. E para responder esta pergunta, confira alguns exemplos práticos a seguir.

Exemplo 1: Padronizar quantidade de dezenas

Quando se trabalha com determinados tipos de dados no Excel (especialmente dados financeiros), às vezes é necessário padronizar todos os números com a mesma quantidade de dezenas. Isso pode ser feito adicionando zeros à esquerda nos números.

Por exemplo, como mostrado abaixo, os números na coluna B são todos do mesmo comprimento. Deste modo quando usados ​​em um relatório, eles parecerão alinhados e mais profissionais.

Função REPT no Excel - para que serve

Abaixo está a fórmula que fará isso:

=REPT(“0”;4-NÚM.CARACT(A1))&A1

Na função acima, primeiro calculamos a quantidade de caracteres existentes usando a NÚM.CARACT. O resultado da função NÚM.CARACT é então subtraído por 4 (que é o comprimento consistente que queremos para todos os números). Você pode usar qualquer tamanho de caractere que desejar.

A função REPT retorna os números 0 com base no comprimento de caracteres existentes. Por exemplo, se o número for 16, retornará 00 pois serão necessários dois zeros para formar a sequência combinada de 4 caracteres.

Agora, simplesmente concatenamos a função REPT com o número para obter os números de comprimento consistentes.


Exemplo 2: Criando minigráficos

Você também pode usar a função REPT para criar minigráficos de modo a mostrar alguma comparação ao longo dos dados dentro da célula. Algo como mostrado abaixo:

minigráfico com a Função REPT no Excel

Aqui estão as etapas para criar esse modelo de gráfico em células usando a função REPT.

1. Na célula C2 insira a seguinte fórmula: =REPT(“|”;B2/3)

2. Copie a fórmula para todas as células usando a alça de preenchimento e mude a fonte para Stencils.

As etapas acima criariam as barras na célula. No entanto, todos eles estariam na cor da fonte de texto padrão (provavelmente preto).

Gráfico dentro de célula com a Função REPT no Excel

Você pode usar formatação condicional para alterar a cor das barras (Por exemplo: verde se a pontuação for maior ou igual a 35, ou vermelho se a pontuação for menor do que 35).

Como resultado temos:

gráfico com a Função REPT no Excel

Exemplo 3: Criando um modelo de avaliação de estrelas

Outro exemplo interessante que mostra o uso da função REPT no Excel é a possibilidade de criar um modelo de avaliação de estrelas conforme mostra imagem abaixo.

Para criar este modelo, basta seguir as etapas abaixo:

1. Acesse a guia a Inserir > Símbolos. Selecionar Wingdings sob fonte ►Inserir duas partidas (☆ ★) em células separadas. No exemplo abaixo inserimos a estrela com preenchimento na célula D1 e a estrela sem preenchimento na célula E1.

2. Na célula C3 iremos inserir a seguinte fórmula: =SE(B3=””;REPT($E$2;5);REPT($D$2;B3)&REPT($E$2;5-B3))

SE(B3=””;REPT($E$2;5)  – Caso as classificações (Coluna B) estejam em branco, a função deverá repetir a estrela em branco 5 vezes

REPT($D$2, B3)&REPT($E$2,5-B3) – No caso de uma classificação, a função deverá repetir a estrela com preenchimento de acordo com o número da classificação e a estrela em branco 5 menos a pontuação da classificação.

Importante: Ao terminar de inserir a função na coluna B, você deverá formatar a fonte do resultado utilizando novamente o modelo Wingdings.

 

Baixe aqui a planilha com todos os exemplos criados neste artigo

E então, o que achou da explicação sobre o uso da função REPT no Excel? Deixe o seu comentário abaixo, gostaríamos muito de conhecer a sua opinião! Para conferir mais dicas de Excel, continue acompanhando o Excel Easy!