Funções condicionais no Excel: Conheça as principais

As funções condicionais no Excel como o próprio nome diz, servem para criar condições baseadas em critérios, comparar valores, somar células conforme uma determinada condição, entre outros exemplos.

As funções dessa categoria estão entre as principais funções do Excel e neste artigo você vai poder conferir como usar a função SE, SOMASE, CONT.SE, E, OU e função SEERRO. Confira!

Funções Condicionais no Excel: Como usar?

Já está interessado(a) no que vem por aí? Então compartilhe com sua rede de amigos para que mais pessoas possam conhecer as funções condicionais no Excel:

Facebook

Twitter

Google+

LinkedIn

Operadores lógicos

Antes de conhecer as funções condicionais no Excel, é importante conhecer os operadores lógicos que são usados juntos com essas funções. Esses operadores são:

=

Igual

>

Maior

<

Menor

>=

Maior Igual

<=

Menor Igual

<>

Diferente

Função SE

Considerada uma das principais funções no Excel, a função SE serve para verificar se determinadas condições lógicas são verdadeiras ou falsas.

Sintaxe: =SE(teste_lógico, [valor_se_verdadeiro], [valor_se_falso])

Onde:

  • teste_lógico: Campo obrigatório. Representa a condição que será testada através da função.
  • valor_se_verdadeiro: definirá o valor a ser retornado caso o resultado do teste for verdadeiro. É um argumento obrigatório.
  • valor_se_falso: Campo opcional. Representa o valor que será retornando se o resultado do teste for falso.

Exemplo:

funções condicionais - função SE

No exemplo acima estamos dizendo para o Excel que se a nota for maior ou igual a 5, então o aluno está Aprovado, caso contrário o aluno está Reprovado.

Função CONT.SE

A função CONT.SE faz a contagem do número de itens que atendem a um determinado critério.

Sintaxe: =CONT.SE (células; critério)

Onde:

  • Células: Intervalo de células onde estão os valores a serem contatos
  • Critério: Representa o termo que estamos procurando na lista.

Exemplo:

No exemplo abaixo precisamos contar quantas vezes a cor Azul aparece na lista. Para isso usaremos a função CONT.SE.

funções condicionais - função cont.se

Basicamente estamos dizendo para o Excel contar os valores da lista, mas somente quando atender ao critério “Azul”.

Função SOMASE

A função SOMASE faz a soma dos itens que atendem a um critério em um intervalo. Essa função é muito semelhante à função CONT.SE, porém neste caso são somados os valores.

Sintaxe: =SOMASE(intervalo, critérios, [intervalo_soma])

Onde:

  • Intervalo: Campo obrigatório. É o intervalo de células que se deseja calcular por critérios.
  • Critérios: Campo obrigatório. Podem ser representados por número, expressão, referência de célula, texto ou função. É basicamente o critério escolhido para a soma.

Note: Critérios em formato de texto ou que incluam símbolos lógicos ou matemáticos devem estar entre aspas duplas (“). Caso os critérios forem numéricos, as aspas duplas não serão necessárias.

  • Intervalo_soma: Campo opcional. Representa o intervalo de células que contém os valores a serem somados.

Exemplo: 

No exemplo abaixo queremos somar apenas os quilos de banana que foram vendidos. Neste caso, para eliminarmos as demais frutas da lista, basta usar a função SOMASE.

funções condicionais - somase

Basicamente estamos dizendo para o Excel somar a nossa lista somente o que atender ao critério “Banana”.



Função E

A função E ajuda a determinar se uma ou mais condições são verdadeiras ao mesmo tempo.

Sintaxe: =E(lógico1; [lógico2]; …)

Onde:

  • Lógico1: é o primeiro teste lógico.
  • Lógico2: é o segundo teste lógico.

Com a função E é possível testar múltiplas condições ao mesmo tempo, (até 255 condições). Cada condição lógica (lógico1; [lógico2, etc.) deve ser avaliada como VERDADEIRO ou FALSO, ou ser matrizes ou referências que contenham valores lógicos.

Exemplo:

No exemplo abaixo queremos testar se a idade de uma pessoa é Maior que 15 anos e Menor que 18 anos. Ou seja, para que a função nos retorne VERDADEIRO, os dois critérios devem ser atendidos, caso contrário retornará FALSO.

funções condicionais - função E

Função OU

A função OU é muito semelhante à função E, porém neste caso é preciso atender apenas a um critério para que a função retorne VERDADEIRO. Se a função não atender a nenhum critério, então será retornado FALSO.

Sintaxe: =OU(logico1, [logico2], …)

Exemplo:

Podemos testar se a célula A1 contém o estado do Rio de Janeiro ou São Paulo. Se satisfazer um desses critérios, a função retornará VERDADEIRO, caso contrário a função retornará FALSO.

funções condicionais - função OU

Função SEERRO

Para completar a lista de funções condicionais, temos a função SEERRO que serve para retornar um valor especificado se uma fórmula gerar um erro, caso contrário, retorna o resultado da fórmula. Essa função é indicada para ocultar erros como #N/D, #VALOR!, #REF!, #DIV/0!, #NÚM!, #NOME? ou #NULO!.

Sintaxe: =SEERRO(valor, valor_se_erro)

Onde:

  • Valor: Campo obrigatório. Representa o argumento verificado quanto ao erro.
  • Valor_se_erro: Campo obrigatório. Representa o valor a ser retornado se a fórmula gerar um erro.

Exemplo:

No exemplo abaixo estamos fazendo uma simples operação de divisão no Excel. No entanto, note que se apagarmos o divisor da operação, o Excel nos retornará o erro #DIV/0!

funções condicionais - seerro

Assim, para evitar que este erro apareça, podemos usar a função SEERRO conforme abaixo:

Observe que estamos dizendo para o Excel que se a função retornar erro, então que seja mostrada a célula vazia (“”).  Podemos também inserir uma mensagem para o caso de retornar erro. Veja:

E então, o que achou das funções condicionais no Excel? Caso tenha alguma dúvida, deixe seu comentário ou sugestão abaixo!